Diocese de Santo André

Pastorais Sociais emitem carta sobre fé e esperança neste tempo de pandemia

A situação de milhares de pessoas no Brasil que vivem em situação de vulnerabilidade social, neste tempo de pandemia, tem sido mais difícil do que em tempos normais. Sem garantia de direitos, a população em situação de rua, os encarcerados, os migrantes e refugiados, os desempregados e as comunidades de periferias que necessitam de alimentação e produtos de higiene estão sem o básico do básico.

Diante dessa realidade, as pastorais sociais vinculadas à Comissão Episcopal Pastoral para Ação Sociotransformadora da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) emitiram uma carta de apoio diante desse momento em que o país está vivendo e chamam a atenção para a situação dos mais vulneráveis.

O momento de crise pandêmica e política, os sentimentos de medo e incertezas nos assolam em meio ao evento ápice da fé cristã – tríduo pascal – sofrimento, morte e ressurreição de Jesus. E Jesus nos alerta: “se alguém me ama, guardará minha palavra, e meu Pai o amará, e viremos a Ele e Nele faremos morada” (Jo 14, 23). As pastorais sociais são expressão máxima desse amor transbordado na cruz”, ressalta o documento.

A carta destaca ainda o trabalho de solidariedade dos religiosos, movimentos sociais, ONGs, voluntários e doadores que ajudam nesse momento a muitas pessoas sobreviverem.

“Na certeza de que devemos seguir cuidando uns dos/as outros/as, da nossa espiritualidade, sem perder a ternura e a firmeza que tempos difíceis exigem. Ações estratégicas e cuidadosas perpassam cada realidade de acordo a necessidade. Como nunca, precisamos fortalecer as ações conjuntas das pastorais sociais naquilo que for possível”.

O grupo finaliza o documento citando o poeta Henfil que diz: “nenhum de nós é tão bom quanto todos nós juntos”.

Leia a íntegra da carta

Fonte: CNBB

Compartilhe:

Homilia, Missa do Jubileu Diocesano 70 Anos da criação da Diocese de Santo André

Ginásio lotado com mais de 7 mil pessoas marca celebração dos 70 anos da Diocese de Santo André

Catedral diocesana celebra sua padroeira

Padre Toninho assume nova missão na Paróquia Nossa Senhora Auxiliadora

Jovens Sarados comemoram 15 anos com missa presidida pelo bispo diocesano

ENCONTRO CHEGA AO FIM COM REFLEXÃO SOBRE PERSPECTIVAS PARA A AÇÃO EVANGELIZADORA DA IGREJA NO BRASIL

PARTICIPANTES DE ENCONTRO DESTACAM PROPOSTA DE SINODALIDADE NA AÇÃO PASTORAL DA IGREJA

“O COORDENADOR DE PASTORAL É UM MEDIADOR DA GRAÇA DE DEUS E PROMOVE A COOPERAÇÃO NA COMUNIDADE”, DISSE NÚNCIO APOSTÓLICO

Encontro Diocesano dos Coroinhas e Cerimoniários reúne mais de 2500 jovens e crianças

Nossa Senhora do Carmo