Diocese de Santo André

Pe. José é empossado pároco da Imaculada Conceição Aparecida

Quase cinco meses após a criação da Paróquia Imaculada Conceição Aparecida, no Parque Selecta, em São Bernardo, cerca de 700 fiéis participaram de dois momentos muito especiais na noite de domingo (08/03) que ficarão guardados para a posteridade: a posse canônica do primeiro pároco da igreja, Pe. José Aparecido de Sousa, e a profissão perpétua das jovens Renata Lopes Benvindo e Tamires Martins da Silva, missionárias da Missão Belém. Presidida pelo bispo da Diocese de Santo André, Dom Pedro Carlos Cipollini, com a presença do fundador da Missão Belém, Pe. Gianpietro Carraro, bem como demais sacerdotes, diácono e seminaristas, a celebração foi norteada pela fé, emoção e desejos de uma caminhada abençoada por Deus para ambos.

“Nesta celebração eucarística nosso coração se alegra porque contemplamos a misericórdia de Deus, que através da sua graça, age no coração das pessoas. Somente a graça de Deus é que pode mover os corações para fazer a Sua vontade para cumprir o evangelho, para acreditar na força do amor. Um chamado especial para a missão. O Pe. José começa uma nova etapa de muita responsabilidade de sua vida como pároco e as irmãs Renata e Tamires, também, com a profissão perpetua, e que estão designadas a cuidar, a ter compaixão”, reflete Dom Pedro, durante a homilia, ao destacar o lema da Campanha da Fraternidade 2020 “Viu, Sentiu Compaixão e Cuidou Dele” (Lc. 10,33-34), três movimentos que nortearam toda a vida de Jesus Cristo.

Compromisso renovado
A leitura da provisão de posse do Pe. José Aparecido foi realizada pelo secretário episcopal Pe. Camilo Gonçalves Lima. O novo pároco fez a profissão de fé, a fim de manifestar a disposição de cooperar com o bispo e a Diocese de Santo André, trabalhando em comunhão e cuidando com zelo da paróquia que está sendo entregue a ele. Em seguida, recebeu o livro das sagradas escrituras das mãos de Dom Pedro Foram entregues pela comunidade, as chaves da igreja e do sacrário, a jarra com água batismal e a estola roxa. Antes de ser declarado empossado, Pe. José Aparecido fez o juramento de fidelidade e foi aclamado pelos paroquianos locais que prestigiaram o ato religioso. “A partir de agora, como pároco, peço oração e que nós possamos trabalhar com aquilo que pede a nossa diocese, o nosso 8º Plano de Pastoral, a missão e o acolhimento. Nesse momento como gratidão quero pedir que rezem por nossa paróquia e nossas comunidades, assim como as jovens irmãs Renata e Tamires também rezarão ainda mais por nossa paróquia”, discursa Pe. José Aparecido, que agradeceu o apoio das comunidades São João Batista, São Francisco, Santa Rita, Santo Expedito, São Pedro e a Matriz Paroquial. Padre José Aparecido de Sousa nasceu no dia 19 de agosto de 1978 (41 anos), em Condeúba, na Bahia. Sua paróquia de origem é a Nossa Senhora da Candelária, em São Caetano do Sul. Entrou no seminário em fevereiro de 2010 e foi ordenado no dia 4 de agosto de 2008.

Votos perpétuos

O rito da profissão perpétua das irmãs Tamires e Renata da Missão Belém teve início com a postulação, seguida do interrogatório, da súplica litânica e da invocação dos santos, com a tradicional ladainha. Após a oração de consagração e a benção solene das professas, as mesmas recebem as insígnias da profissão, a aliança e o crucifixo, sinais do compromisso perpétuo com Deus. “Quero agradecer a todos pela força que nos dá em cuidarmos do rebanho de Jesus. Meu coração está muito feliz e me sinto muito amada por Jesus. Quero poder amá-lo, assim como Ele me ama”, sintetiza Tamires, 29 anos, que ingressou na Missão Belém aos 18 anos. Bem cedo partiu para uma missão na Bósnia e Herzegovina e depois na Itália, onde se encontra até hoje. “Agradeço a todos e a Jesus por nos dar força e nos sustentar a cada dia. Não esqueça de rezarem por nós para que sejamos fiéis a esse chamado de Deus. Estou muito feliz de dar o meu sim a Deus”, disse Renata, 36 anos, fruto do grupo de jovens da Paróquia Imaculada Conceição Aparecida. Ela ingressou na Missão Belém aos 24 anos, sendo missionária no Haiti há aproximadamente dez anos. Assim como Tamires e Renata, cumprimentadas pelos familiares e amigos, muitos jovens e adultos também são incentivados a acolher o chamado de Deus no Ano Vocacional Diocesano.

Fotos: Jonathan – Pascom Paróquia Imaculada Conceição Aparecida

Compartilhe:

Homilia, Missa do Jubileu Diocesano 70 Anos da criação da Diocese de Santo André

Ginásio lotado com mais de 7 mil pessoas marca celebração dos 70 anos da Diocese de Santo André

Catedral diocesana celebra sua padroeira

Padre Toninho assume nova missão na Paróquia Nossa Senhora Auxiliadora

Jovens Sarados comemoram 15 anos com missa presidida pelo bispo diocesano

ENCONTRO CHEGA AO FIM COM REFLEXÃO SOBRE PERSPECTIVAS PARA A AÇÃO EVANGELIZADORA DA IGREJA NO BRASIL

PARTICIPANTES DE ENCONTRO DESTACAM PROPOSTA DE SINODALIDADE NA AÇÃO PASTORAL DA IGREJA

“O COORDENADOR DE PASTORAL É UM MEDIADOR DA GRAÇA DE DEUS E PROMOVE A COOPERAÇÃO NA COMUNIDADE”, DISSE NÚNCIO APOSTÓLICO

Encontro Diocesano dos Coroinhas e Cerimoniários reúne mais de 2500 jovens e crianças

Nossa Senhora do Carmo