Diocese de Santo André

Retiro fortalece espiritualidade de 300 agentes da Pastoral da Saúde

[vc_row][vc_column][vc_column_text]Encontro atende aos itinerários de formação para o acolhimento e organização para visitas missionárias do 8º Plano Diocesano de Pastoral

Revigorados e fortalecidos para prosseguir a missão de levar conforto e a palavra de Cristo ao próximo. Esse foi o objetivo atingido pelo Retiro Diocesano da Pastoral da Saúde realizado para cerca de 300 agentes das dez regiões pastorais na manhã de sábado (06/07), no Mensageiro Santo Antônio, Parque Novo Oratório, em Santo André.

Com o tema “Curados para Servir”, o encontro teve início com animação musical e fala motivacional do assessor diocesano da Pastoral da Saúde, Pe. Vanderlei Ribeiro, que também é pároco da Igreja Nossa Senhora de Fátima (Vila Curuçá – Santo André).

O sacerdote destacou três pontos principais: encontro, reza e palavra de Deus como essenciais para que o retiro seja exitoso e produza frutos na caminhada missionária.

“É bom se encontrar. Não é só eu que faço Pastoral da Saúde. Tem 300 pessoas que fazem. Segundo ponto é rezar um pouco mais. A oração nos faz ter um encontro com o Senhor. E o terceiro ponto é a palavra de Deus”, enfatiza Pe. Vanderlei.

Em seguida, o seminarista Fernando Oliveira apresentou pregação em que destacou a renovação da aliança com Deus “Esse encontro é para renovar e fortalecer esse ministério”, como a força para se assemelhar ao exemplo de Jesus Cristo, nas atitudes e pensamentos como cristão para servir ao próximo. “Eu valorizo o ministério? Como estamos servindo? Estamos indo atrás dos pobres e doentes e agindo como Jesus agiu?”, indaga.

Cursando o 1º ano de Filosofia no caminho ao sacerdócio, Fernando deixou como uma das mensagens principais que os agentes devem mudar a realidade das pessoas visitadas, por meio da fé e da perseverança. “Você (agente pastoral) deve ser o elo desse encontro entre Jesus e as pessoas”, prega.

*

8º Plano de Pastoral

Após uma pausa para o café e o deserto para reflexão, Pe. Vanderlei promoveu meditação sobre o evangelho e, posteriormente, a adoração ao Santíssimo Sacramento.

A iniciativa atende aos itinerários 3, que traz ações que buscam a conversão para o acolhimento por meio do fortalecimento das estruturas para bem acolher, e o número 7, que trata da organização das visitas missionárias do 8º Plano Diocesano de Pastoral.

*

Troca de experiências

Ao final do encontro, a coordenadora da pastoral na Região São Bernardo – Rudge Ramos, Magda Isabel Peixoto, 57 anos, considera que o retiro trouxe maior entrosamento entre os grupos, com troca de experiências, e fortalecimento da espiritualidade.

“Traz mais ânimo nas visitas aos hospitais e nos trabalhos da pastoral”, frisa a cirurgiã dentista, que atua há 22 anos na Pastoral da Saúde da Santíssima Virgem, em São Bernardo.

Já a aposentada Maria Aparecida exerce o voluntariado como agente há 15 anos na Igreja Matriz Imaculada Conceição de Diadema.

“O encontro foi maravilhoso. Enriqueceu bastante e fortaleceu a nossa caminhada”, conta.

*

Avaliação

A coordenadora diocesana da Pastoral da Saúde, Maria de Fátima, acredita que o principal legado do retiro é a motivação dos agentes, por meio da espiritualidade.

“Muitos ficam desmotivados e desanimados durante a caminhada e esse tem o objetivo de motivar esse lado espiritual. Na primeira formação diocesana que foi feita, no primeiro semestre, isso mexeu com eles, e fazer um momento maior voltado para espiritualidade os fazem sentir acalentados pela própria pastoral”, analisa.

*

Próxima formação

A próxima formação diocesana da Pastoral da Saúde acontece no dia 14 de setembro, das 9h às 11h, na Paróquia Nossa Senhora de Fátima, na Vila Curuçá, em Santo André.

O evento terá a presença de psicóloga que irá tratar de temas do relacionamento de agentes com os familiares de doentes nos hospitais, principalmente.

Para conhecer e participar das atividades da Pastoral da Saúde basta entrar em contato pelos telefones 4479-0899; 4121-5348 ou 99620-2085 (falar com Maria de Fátima – coordenadora diocesana) ou ainda pelo e-mail pastoraldasaude@diocesesa.org.br

*

Atuação na Diocese

A Pastoral da Saúde Diocesana contribui permanentemente com ações de conscientização e evangelização nos hospitais públicos e privados, nas casas de repouso, e nas residências dos acamados levando conforto espiritual aos efetivamente acamados e aos seus cuidadores familiares e profissionais da saúde.

Também participa das discussões nos conselhos municipais de saúde fiscalizando e cobrando políticas públicas na área: “Nossa missão é levar conforto espiritual, mas também cobrar o poder público em ações voltadas à população”, reitera a coordenadora diocesana da Pastoral da Saúde, Maria de Fátima, ao afirmar que algumas paróquias desenvolvem trabalhos voluntários com psicólogos, fonoaudiólogos e médicos que realizam atendimento nas comunidades.

Atualmente, cerca de 350 agentes pastorais de 40 paróquias atuam em todo o território diocesano. Em 2019, a Pastoral da Saúde Nacional completa 33 anos de atuação.

*

*

 

[/vc_column_text][/vc_column][/vc_row]

Compartilhe:

Homilia, Missa do Jubileu Diocesano 70 Anos da criação da Diocese de Santo André

Ginásio lotado com mais de 7 mil pessoas marca celebração dos 70 anos da Diocese de Santo André

Catedral diocesana celebra sua padroeira

Padre Toninho assume nova missão na Paróquia Nossa Senhora Auxiliadora

Jovens Sarados comemoram 15 anos com missa presidida pelo bispo diocesano

ENCONTRO CHEGA AO FIM COM REFLEXÃO SOBRE PERSPECTIVAS PARA A AÇÃO EVANGELIZADORA DA IGREJA NO BRASIL

PARTICIPANTES DE ENCONTRO DESTACAM PROPOSTA DE SINODALIDADE NA AÇÃO PASTORAL DA IGREJA

“O COORDENADOR DE PASTORAL É UM MEDIADOR DA GRAÇA DE DEUS E PROMOVE A COOPERAÇÃO NA COMUNIDADE”, DISSE NÚNCIO APOSTÓLICO

Encontro Diocesano dos Coroinhas e Cerimoniários reúne mais de 2500 jovens e crianças

Nossa Senhora do Carmo