Diocese de Santo André

Nosso amor à Eucaristia

Neste tempo de pandemia ficou mais patente nosso amor à Santa Eucaristia. Ficar privado de receber Jesus neste sacramento não é fácil, custa muito, e sofremos. Pedindo que Deus abrevie o tempo desta provação, temos a viva esperança de que Jesus também nos espera com amor.

Nesta festa de Corpus Christi, celebrada de modo diferente, como foi a celebração da semana santa, queremos redobrar nosso amor à Eucaristia. Ela é fonte cristalina, lugar privilegiado do encontro do discípulo missionário com Jesus Cristo. Nunca é demais recordar que “a Eucaristia é fonte e ápice da vida cristã” (LG 11). É o resumo de nossa fé. Ela nos compromete com a promoção da vida, em especial com aqueles pobres que não têm pão (cf. Catecismo n. 1397).

A Eucaristia é a Palavra que se faz pão, a Palavra encarnada: Jesus. Nós amamos a Palavra de Deus que está na Bíblia Sagrada, mas também a Eucaristia. Por que amamos tanto a Eucaristia? Porque “existe estreito vínculo entre as três dimensões da vocação cristã: crer, celebrar e viver o mistério de Jesus Cristo, de tal forma que a existência cristã adquira verdadeiramente forma eucarística” (Doc. de Aparecida n. 251).

A forma eucarística de nossa vida se dá quando descobrimos a gratidão a Deus, o agradecimento contínuo e a espiritualidade da ação de graças. Diz o Apóstolo: em tudo dai graças (cf. Cl 3,17). Tanto na alegria como na tristeza partilhamos o pão da vida, bendizendo a Deus em tudo e por tudo, assim como fez Jesus ao morrer na cruz e entregar toda sua vida nas mãos do Pai (Lc 23,46).

Graças e louvores se deem a todo momento, ao santíssimo e diviníssimo sacramento.
Que Deus abençoe a todos com saúde e paz.
Dom Pedro Carlos Cipollini
Bispo de Santo André

Compartilhe:

Homilia, Missa do Jubileu Diocesano 70 Anos da criação da Diocese de Santo André

Ginásio lotado com mais de 7 mil pessoas marca celebração dos 70 anos da Diocese de Santo André

Catedral diocesana celebra sua padroeira

Padre Toninho assume nova missão na Paróquia Nossa Senhora Auxiliadora

Jovens Sarados comemoram 15 anos com missa presidida pelo bispo diocesano

ENCONTRO CHEGA AO FIM COM REFLEXÃO SOBRE PERSPECTIVAS PARA A AÇÃO EVANGELIZADORA DA IGREJA NO BRASIL

PARTICIPANTES DE ENCONTRO DESTACAM PROPOSTA DE SINODALIDADE NA AÇÃO PASTORAL DA IGREJA

“O COORDENADOR DE PASTORAL É UM MEDIADOR DA GRAÇA DE DEUS E PROMOVE A COOPERAÇÃO NA COMUNIDADE”, DISSE NÚNCIO APOSTÓLICO

Encontro Diocesano dos Coroinhas e Cerimoniários reúne mais de 2500 jovens e crianças

Nossa Senhora do Carmo