Diocese de Santo André

Diocese de Santo André celebra Missa Crismal e encerramento do Ano Vocacional no dia 4 de agosto

Em razão da pandemia da Covid-19, a celebração da Missa Crismal na Diocese de Santo André, também conhecida como a Missa dos Santos Óleos, que seria realizada em abril deste ano, durante a Semana Santa, ocorrerá no dia 4 de agosto de 2021 (quarta-feira), às 9h. A data também recorda o Dia do Padre e de São João Maria Vianney (Cura D’Ars), o padroeiro dos sacerdotes. Na ocasião também acontecerá o encerramento do Ano Vocacional Diocesano.

A celebração será presidida pelo bispo diocesano Dom Pedro Carlos Cipollini e contará apenas com a participação dos sacerdotes e diáconos da Diocese de Santo André, sendo celebrada sem a presença de fiéis e transmitida pelas mídias diocesanas: (Facebook e YouTube).

“A todos que trabalham na Vinha do Senhor, saudações, paz e bençãos de Deus.Nossa caminhada, como pastores desta querida Igreja Particular de Santo André, prossegue em meio às “consolações de Deus e as perseguições do mundo” (Santo Agostinho). “Até aqui nos ajudou o Senhor” (1 Sm 7,12), a mantermos a união e a colaboração para superarmos o momento difícil que atravessamos. Por tudo, louvado seja Deus”, diz o comunicado assinado por Dom Pedro e enviado ao Clero Diocesano.

A missa contará com dois momentos fundamentais como a bênção dos Santos Óleos do Crisma, dos Enfermos e do Batismo; e a renovação das promessas sacerdotais. Dom Pedro reitera que as presenças dos padres e diáconos são importantes para reforçar os laços que unem o presbitério da Igreja Diocesana.

“Convido-o (padre/diácono) a se preparar espiritualmente para este momento, permanecendo em ação de graças pelo seu valioso ministério sacerdotal/diaconal”, salienta Dom Pedro.

 

Sínodo Diocesano
Em sua mensagem ao Clero Diocesano, o bispo ainda faz menção ao primeiro Sínodo realizado na Diocese de Santo André (2016-2017), ao recordar a Constituição Sinodal (nº 23), lançada e publicada em abril de 2018. “A partir de nosso Sínodo, percebemos que é exigido de nós um olhar sempre renovado, com atenção misericordiosa ao povo, à cidade e à Igreja. Iluminados pela fé e pela esperança, somos convocados a renovar-nos na caridade que nos impulsiona à acolhida e à missão.”

 

Ano Vocacional
Com a tema “Acolho o teu Chamado”, a abertura do Ano Vocacional Diocesano ocorreu no dia 1º de dezembro de 2019, com a missa presidida pelo bispo diocesano Dom Pedro Carlos Cipollini, na Catedral Nossa Senhora do Carmo, no Centro da cidade andreense. O encerramento acontecerá na Missa Crismal do dia 4 de agosto de 2021. A iniciativa inédita surgiu pela questão da ausência das vocações e o objetivo principal foi conscientizar as pessoas sobre a importância de uma cultura vocacional, bem como principalmente incentivar e despertar as vocações sacerdotais, sem deixar de valorizar os trabalhos dos religiosos, das religiosas, dos leigos e das leigas em nossa diocese. O Ano Vocacional Diocesano contou com diversas atividades como a peregrinação do ícone do Bom Pastor por todas as paróquias das dez regiões pastorais; Hora Santa em níveis diocesano, regional e paroquial, através dos subsídios do ABC Litúrgico; formações sobre o Serviço de Animação Vocacional nas paróquias; lives e séries vocacionais nas mídias sociais; matérias especiais no Mês Vocacional; visitas aos seminários; entre outras. Em razão da pandemia, os encontros foram realizados no formato online.

Leia a mensagem de Dom Pedro, na íntegra

 

Leia mais:

Missa Crismal renova amizade profunda de todo o clero com Jesus

Missa dos Santos Óleos celebra unidade da Igreja e 8º Plano Diocesano de Pastoral

Compartilhe:

Ginásio lotado com mais de 7 mil pessoas marca celebração dos 70 anos da Diocese de Santo André

Catedral diocesana celebra sua padroeira

Padre Toninho assume nova missão na Paróquia Nossa Senhora Auxiliadora

Jovens Sarados comemoram 15 anos com missa presidida pelo bispo diocesano

ENCONTRO CHEGA AO FIM COM REFLEXÃO SOBRE PERSPECTIVAS PARA A AÇÃO EVANGELIZADORA DA IGREJA NO BRASIL

PARTICIPANTES DE ENCONTRO DESTACAM PROPOSTA DE SINODALIDADE NA AÇÃO PASTORAL DA IGREJA

“O COORDENADOR DE PASTORAL É UM MEDIADOR DA GRAÇA DE DEUS E PROMOVE A COOPERAÇÃO NA COMUNIDADE”, DISSE NÚNCIO APOSTÓLICO

Encontro Diocesano dos Coroinhas e Cerimoniários reúne mais de 2500 jovens e crianças

Nossa Senhora do Carmo

nomeacoes

Nomeação e provisões – 03/07/2024