Diocese de Santo André

Dom Pedro: “Defender a vida é um compromisso de fé”

Promovendo e defendendo a vida humana desde a concepção no ventre da mãe até o direito à proteção e saúde, a Diocese de Santo André realizou na manhã de domingo (06/10), a Missa pelo Dia do Nascituro, com a presença de cerca de 350 pessoas na Catedral Nossa Senhora do Carmo, no Centro da cidade andreense.

Em sintonia com as ações da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), por meio da Comissão Episcopal Pastoral para a Vida e a Família, a celebração integra a Semana Nacional da Vida, com o tema “Em família defendemos a vida!”, e foi presidida pelo bispo diocesano Dom Pedro Carlos Cipollini, sendo concelebrada pelo pároco da catedral. Pe. Joel Nery.

“Vamos bendizer a Deus por aqueles que procuram suscitar na Igreja essa preocupação com o dom da vida. Se olharmos nossa realidade atualmente, a vida nunca esteve tão ameaçada, não somente pelas questões que envolvem a sociedade, por bombas atômicas, mas pela grande bomba que é o egoísmo, que não tem a prática da fé, que é o amor que procura a vida plena para todos”, enfatizou Dom Pedro, sobre a necessidade do comprometimento de todos em trabalhar pela vida desde a sua concepção até o fim natural. “É um compromisso de fé”, frisa.

Estiveram presentes representantes da Comissão Diocesana em Defesa da Vida, o casal Gilberto e Márcia Monteiro,Vera Lúcia Giroldo, Roberto Vertamatti; o casal  coordenador coordenador da Pastoral Familiar no Regional Sul 1 da CNBB, Osmarina Pazin Baldon e Toninho; além de integrantes do Grupo Arco Íris e Naninhas do Riso, da Igreja Matriz de Santo André.

Amor pela vida

Com 35 semanas de gravidez, Viviane Couto, 35 anos, elogiou a iniciativa da Igreja Católica no Grande ABC. “Nesse mundo onde se prega muito a cultura de morte e as pessoas acabam se desviando do caminho da fé, se torna muito importante esse apoio da Igreja falando sobre a cultura e defesa da vida”, avalia a professora, ao lado da filha Mariane, 9 anos, e do marido Flávio Couto.
“Agora está vindo a Melissa. Que seja uma benção de Deus em nossas vidas e na vida da sociedade, também. Não é somente gestar, mas criar e educar para também ser pró-vida”, projeta.
Ao final da celebração, Dom Pedro abençoou as gestantes e acolheu as crianças presentes na catedral.

Encerramento da Semana

Nesta terça-feira (08/10), o convite é para a Vigília pela Vida, em cada entrada das paróquias e comunidades da Diocese de Santo André “acender o maior número de velas, simbolizando a luz de Cristo, que dá sentido à nossa vida”, sugere o bispo de Rio Grande (RS) e presidente da Comissão, Dom Ricardo Hoepers.

Compartilhe:

Homilia, Missa do Jubileu Diocesano 70 Anos da criação da Diocese de Santo André

Ginásio lotado com mais de 7 mil pessoas marca celebração dos 70 anos da Diocese de Santo André

Catedral diocesana celebra sua padroeira

Padre Toninho assume nova missão na Paróquia Nossa Senhora Auxiliadora

Jovens Sarados comemoram 15 anos com missa presidida pelo bispo diocesano

ENCONTRO CHEGA AO FIM COM REFLEXÃO SOBRE PERSPECTIVAS PARA A AÇÃO EVANGELIZADORA DA IGREJA NO BRASIL

PARTICIPANTES DE ENCONTRO DESTACAM PROPOSTA DE SINODALIDADE NA AÇÃO PASTORAL DA IGREJA

“O COORDENADOR DE PASTORAL É UM MEDIADOR DA GRAÇA DE DEUS E PROMOVE A COOPERAÇÃO NA COMUNIDADE”, DISSE NÚNCIO APOSTÓLICO

Encontro Diocesano dos Coroinhas e Cerimoniários reúne mais de 2500 jovens e crianças

Nossa Senhora do Carmo