Diocese de Santo André

Padre Gonise Portugal é escolhido novo Coordenador Diocesano de Pastoral

Na última Reunião Geral do Clero realizada no ano de 2021, o Coordenador da Região Pastoral São Bernardo do Campo – Anchieta e Pároco da Paróquia Nossa Senhora de Guadalupe (SBC), Pe. Gonise Portugal da Rocha, foi escolhido na manhã desta quinta-feira (18/11), como o novo Coordenador Diocesano de Pastoral pelo Bispo da Diocese de Santo André, Dom Pedro Carlos Cipollini, após processo de escuta dos leigos e consulta ao clero (padres e diáconos) das dez regiões pastorais. O encontro aconteceu no salão paroquial da Paróquia São Judas Tadeu, no Bairro Campestre, na Região Santo André – Centro.

Finalizada a reunião, Pe. Gonise, que será o sucessor de Pe. Joel Nery na função, agradeceu a confiança do clero e disse estar à disposição da Igreja. “Fiquei muito feliz pela confiança depositada pelo clero em minha pessoa. Tenho uma expectativa muito grande. A coordenação diocesana de pastoral é uma novidade para mim, mas estou para servir, aberto à Igreja. Jamais diria não para a Igreja com trabalho tão sério. Se os padres e o bispo viram algo em mim, é porque de fato confia. Vou dar o melhor de mim. Estou chegando com muita humildade e fraternidade”, atesta.
A posse oficial do novo Coordenador Diocesano de Pastoral acontecerá no dia 30 de novembro (terça), às 19h30, durante a Missa de Santo André Apóstolo, com transmissão pelas mídias diocesanas (Facebook e YouTube). O mandato é de três anos, a partir da nomeação que será promulgada no fim deste mês.

Inspirado pelo Espírito Santo
Para o sacerdote, assumir essa missão é um sinal do Espírito Santo em sua vida. “Vou deixar que o Espírito Santo conduza. Como dizia São João XXIII: “É o Espírito Santo que age”. A gente dá uma mãozinha para o Espírito Santo, mas ele é o agente, ele que vai fazer toda a evangelização e toda a pastoral acontecer”, ressalta. Pe. Gonise também demonstrou gratidão pelo apoio dos leigos. “De minha parte, agradeço imensamente as coordenações leigas, na indicação do meu nome. Isso é sinal de que, de fato, eles veem uma esperança, veem uma continuação do trabalho pastoral deixado pelo meu antecessor, que é o Pe. Joel Nery”, destaca.

Participação do clero e dos leigos
O Bispo Diocesano Dom Pedro Carlos Cipollini elogiou todo o processo de escuta na escolha do novo coordenador de Pastoral, realizado ao longo dos dois últimos meses, com participação do clero e dos leigos, sendo conduzido de forma responsável e com muita seriedade, fruto do empenho de todos para se chegar a um denominador comum.  “Agradeço a Deus e ao processo levado avante pelo Pe. Joel durante seis anos. Fico na expectativa do início do trabalho do Pe. Gonise, que foi escolhido pelo clero e confirmado por mim. Espero que ele possa fazer um bom trabalho, porque condições ele tem, contanto com a colaboração de todos”, projeta.
Encontros formativos sobre o processo de escuta para a indicação do novo coordenador diocesano de Pastoral foram realizados com as participações do clero e das coordenações leigas, bem como a consulta aos padres, diáconos e leigos das dez regiões pastorais.

*
Sobre o novo coordenador diocesano de Pastoral
Nome completo:
Pe. Gonise Portugal da Rocha
Data de Nascimento: 13/04/1978
Cidade natal: Cândido Sales (BA)
Entrada no Seminário: 19 de março de 2000 (Seminário Propedêutico)
Ordenação Diaconal: 31 de maio de 2008 (Festa da Visitação de Nossa Senhora)
Ordenação Sacerdotal: 22 de novembro de 2008 (Memória de Santa Cecília, Virgem e Mártir)

Estudos: Filosofia e Teologia pelo Centro Universitário  Assunção e Pós-graduação Lato Sensu, pela Faculdade Jesuíta de Filosofia e Teologia (Pastoral Numa Igreja em Saída, na área de Teologia).

Atuação nas paróquias: sua primeira paróquia como padre foi a Maria Mãe dos Pobres, no Bairro Canhema (Região Diadema), onde atuou como administrador paroquial. Na mesma função, logo depois assumiu a Quase-Paróquia Santa Luzia Virgem e Mártir (Jardim Thelma, desmembrada da Paróquia Nossa Senhora de Guadalupe, na Região São Bernardo – Anchieta), sendo o primeiro administrador paroquial. Passou também pelas paróquias Santa Luzia, no Jardim Beatriz (Região São Bernardo – Anchieta), como administrador paroquial, e Santa Luzia e Santo Expedito, no Bairro Santa Terezinha (Região São Bernardo – Centro), como administrador pró-tempore. Atuou como pároco da Paróquia Santa Maria, no Bairro Demarchi (Região São Bernardo – Anchieta) ao longo dos últimos sete anos (2014-2020). Assumiu a Paróquia Nossa Senhora de Guadalupe, (região São Bernardo – Anchieta) no dia 12 de dezembro de 2020.
Atuação em comissões e assessorias diocesanas: atuou como assessor diocesano da Pastoral da Juventude, da Pastoral da Crisma, e integrou como membro o Conselho de Presbíteros e o Colégio de Consultores da Diocese de Santo André; atualmente é assessor diocesano da Comissão de Ministérios Extraordinários e coordenador da Região Pastoral São Bernardo – Anchieta.

*
Leia mais:
Formação estimula participação dos leigos no processo de escuta para o coordenador diocesano de Pastoral

Compartilhe:

Homilia, Missa do Jubileu Diocesano 70 Anos da criação da Diocese de Santo André

Ginásio lotado com mais de 7 mil pessoas marca celebração dos 70 anos da Diocese de Santo André

Catedral diocesana celebra sua padroeira

Padre Toninho assume nova missão na Paróquia Nossa Senhora Auxiliadora

Jovens Sarados comemoram 15 anos com missa presidida pelo bispo diocesano

ENCONTRO CHEGA AO FIM COM REFLEXÃO SOBRE PERSPECTIVAS PARA A AÇÃO EVANGELIZADORA DA IGREJA NO BRASIL

PARTICIPANTES DE ENCONTRO DESTACAM PROPOSTA DE SINODALIDADE NA AÇÃO PASTORAL DA IGREJA

“O COORDENADOR DE PASTORAL É UM MEDIADOR DA GRAÇA DE DEUS E PROMOVE A COOPERAÇÃO NA COMUNIDADE”, DISSE NÚNCIO APOSTÓLICO

Encontro Diocesano dos Coroinhas e Cerimoniários reúne mais de 2500 jovens e crianças

Nossa Senhora do Carmo