Diocese de Santo André

Oficinas de Oração e Vida: conheça os objetivos e saiba como participar das atividades na Diocese

O movimento eclesial católico Oficinas de Oração e Vida (TOV) está presente na Diocese de Santo André desde a primeira metade da década de 1990. São quase 30 anos de atuação por uma nova evangelização, uma apresentação mais vibrante e ativa de Jesus, com uma maior adaptação às necessidades da sociedade atual e ao que as pessoas necessitam no dia a dia.

E para conhecer mais sobre a história, os objetivos e desafios nestes tempos de pandemia, a coordenadora diocesana das Oficinas de Oração e Vida, Maria Evani Souza, concedeu entrevista à reportagem da Diocese de Santo André. Acompanhe:

1. Como e quando aconteceu a implementação das Oficinas de Oração e Vida na Diocese de Santo André?
O início das Oficinas na Diocese de Santo André aconteceu na cidade de Santo André, em 1992, e a partir daí, nesses quase 30 anos, esta Coordenação-Mãe foi se multiplicando para São Caetano do Sul, São Bernardo do Campo e região de Mauá.

Mas importante registrar que a ASSOCIAÇÃO INTERNACIONAL PRIVADA DE FIÉIS DE DIREITO PONTIFÍCIO COM PERSONALIDADE JURÍDICA, aprovada pela Santa Sé em 1997, e confirmada segundo Decreto de Aprovação dado pelo Conselho Pontifício para os Leigos em 04 de Outubro de 2002, está presente em 44 países, com 18 mil Guias aplicando as Oficinas de Oração e Vida em 12 idiomas.
*

2. Quantas pessoas participam? Quantos grupos? De todas as regiões pastorais/ cidades? O movimento está presente em quantas paróquias?

De acordo com nossos registros do ano de 2019, somos cinco Coordenações na Diocese, sendo elas: Santo André 1, 2 e 3 com um total de 47 Guias que aplicam as Oficinas, São Bernardo com 13 Guias aplicando também em Diadema, São Caetano com 20 Guias, e um Núcleo em Formação na cidade de Mauá,  com 06 Guias aplicando também em Ribeirão Pires.  Somamos na Diocese de Santo André 86 Guias das Oficinas de Oração e Vida, atuando em mais de 40 paróquias e também alguns locais como residências, condomínios, associações, etc, empenhados para que todas as regiões pastorais sejam alcançadas por este serviço essencial, que é contribuir com a Igreja no objetivo de ensinar o povo de Deus a orar. Temos tocado, com nosso humilde serviço, em nome de Jesus Cristo, nosso Senhor, as vidas de em média 1000 pessoas, anualmente, na Diocese de Santo André.
*

3. Quais os principais objetivos das Oficinas de Oração e Vida?
Os objetivos das OFICINAS DE ORAÇÃO E VIDA se tornam mais claros quando fazemos com que este título vá sempre acompanhado do subtítulo UMA NOVA EVANGELIZAÇÃO. Segundo o fundador das Oficinas, Frei Ignacio Larranaga, somente assim se esgota o conteúdo total de nosso serviço.  Desde que, há mais de 30 anos, São João Paulo II, com a adesão de toda a Igreja, começou a falar reiteradamente de “Uma Nova Evangelização”, temos seguido as orientações da Santa Sé: uma evangelização mais viva, com mais mística, apresentação vibrante de Jesus, ênfase mais no amor que no temor, maior adaptação às necessidades da sociedade atual. Alguns pontos fortes das Oficinas que correspondem à Nova Evangelização:
PALAVRA – Um método baseado integralmente na meditação diária da Palavra durante quatro meses, com duas vias: descendente – Deus nos fala – e ascendente – falamos com Deus.

CRISTOCÊNTRICO – Cristo é o princípio, centro e meta. Os valores de Jesus que se respiram nos Evangelhos são nossos valores.

VIDA APOSTÓLICA – As Oficinas conduzem para que a experiência de Deus acabe em testemunho de vida, sendo desta forma, um viveiro de vocações apostólicas e de vitalização eclesial.

CURA/TRANSFORMAÇÃO – Por uma intensa vivência do abandono, por meio de mensagens e exercícios, reflexões e orações, o oficinista chega a uma profunda paz,  à libertação de tristezas, angústias, complexos, medos, recuperando o sentido da vida e a alegria de viver. Esta transformação vital é conseguida por um caminho extremamente simples: QUE FARIA JESUS EM MEU LUGAR?

COMPROMISSO COM OS POBRES – As Oficinas querem fazer o que Jesus fez: se comprometer com os marginalizados e pecadores. Seus preferidos serão nossos preferidos, seus objetivos nossos objetivos.

*

4. Quais as principais atividades realizadas ao longo do ano?
Todo o serviço das Oficinas de Oração e Vida se resumem em duas palavras: fé e humanismo. As duas coisas estão de mãos dadas. Nós Guias que aplicam as Oficinas, como almas de oração, ensinamos a orar para que o povo de Deus aprenda a viver. Eis os nossos serviços:
• Oficina de Oração e Vida para Adultos
• Oficina de Oração e Vida para Jovens
• Oficina de Oração e Vida para Adolescentes
• Oficina de Oração e Vida para Crianças
• Curso para Casais
• Curso Bíblico
• Encontro de Experiência de Deus (EED) – Retiro de 5 dias
• Retiros de um dia com temas como Transfiguração, A arte de ser feliz, Vida com Maria e outros
• Palestras de uma a duas horas, com temas atuais, fundamentados nos livros de Frei Ignacio Larranaga

*
5. Como estão as adaptações dos encontros durante a pandemia? Estão ocorrendo no formato online?
As Oficinas de Oração e Vida e os Encontros de Experiência de Deus, infelizmente, foram interrompidos, devido à pandemia mundial, desde março de 2020. Faz parte de nossos Estatutos, a orientação de que as Oficinas não devem ser aplicadas por meios virtuais. Permanecemos desde então, de prontidão, mas sob a orientação de nossas Coordenações a nível Local, Nacional, Zonal e Internacional, acompanhando o andamento desta situação desafiadora e aguardando a autorização das autoridades da Saúde e da Igreja, para voltarmos a atuar com segurança para todos, Guias e oficinistas.

Os demais serviços, Retiros de um dia, Palestras, Curso de Casais e Curso Bíblico foram adaptados e oferecidos ao público em geral, no Brasil e no mundo, via plataformas virtuais. Inclusive, estes serviços podem ser solicitados.

Nós, Guias em geral e Coordenadores, estamos também aproveitando muito bem este tempo de pandemia,  para reuniões online de estudo e oração,  para nos reciclar e nos aprofundar no vasto acervo de materiais (livros, manuais e palestras deixados por Frei Ignacio Larranaga), que compõem a espiritualidade das Oficinas.

*

6. Como as pessoas interessadas podem participar do movimento?
Os serviços das Oficinas podem ser consultados através do site:  www.tovbrasil.com.br. Nossos contatos na Diocese são:

  • Representante Diocesana: Maria Evani Souza. Celular: (11) 99101-8854

  • Secretária Nacional: Márcia Zanini. Celular: (11) 99871-0065. E-mail: nbo2tov@gmail.com

Compartilhe:

Ginásio lotado com mais de 7 mil pessoas marca celebração dos 70 anos da Diocese de Santo André

Catedral diocesana celebra sua padroeira

Padre Toninho assume nova missão na Paróquia Nossa Senhora Auxiliadora

Jovens Sarados comemoram 15 anos com missa presidida pelo bispo diocesano

ENCONTRO CHEGA AO FIM COM REFLEXÃO SOBRE PERSPECTIVAS PARA A AÇÃO EVANGELIZADORA DA IGREJA NO BRASIL

PARTICIPANTES DE ENCONTRO DESTACAM PROPOSTA DE SINODALIDADE NA AÇÃO PASTORAL DA IGREJA

“O COORDENADOR DE PASTORAL É UM MEDIADOR DA GRAÇA DE DEUS E PROMOVE A COOPERAÇÃO NA COMUNIDADE”, DISSE NÚNCIO APOSTÓLICO

Encontro Diocesano dos Coroinhas e Cerimoniários reúne mais de 2500 jovens e crianças

Nossa Senhora do Carmo

nomeacoes

Nomeação e provisões – 03/07/2024