Diocese de Santo André

Palestras ressaltam importância da vacinação e prevenção do diabetes

Pastoral da Pessoa Idosa promove encontros com médicos que apresentam subsídios para coordenadores e líderes visando melhor qualidade de vida da população idosa

Visando a formação dos coordenadores e líderes para atuar em prol das melhorias de vida e hábitos saudáveis da população idosa, a Pastoral da Pessoa Idosa da Diocese de Santo André promoveu na manhã de sábado (22/06) duas palestras sobre a “Prevenção do Diabetes” e a “Importância das vacinas”, no Auditório Dom Jorge Marcos de Oliveira do Edifício Santo André Apóstolo, no Centro andreense.

O cronograma de atividades prossegue no dia 20/7, cujo assunto será “Autos Cuidados” com a gerontóloga Ana Carolina; já no dia 17/8, o Dr. Darci (Delegacia do Idoso) apresentará o tema “Maus tratos e Abandono”. O objetivo das atividades é preparar coordenadores e líderes com subsídios para atuação nas visitas as comunidades.

*

Prevenção do diabetes

Após os avisos iniciais, os palestrantes iniciaram as apresentações dos assuntos. Primeiramente, o médico endocrinologista Dr Sávio Rinaldo Ceravolo Martins explicou as causas do diabetes, que vão desde a obesidade e o sedentarismo até os hábitos de uma alimentação inadequada. Para se prevenir, o especialista recomenda a ingestão de líquidos, principalmente água, corriqueiramente durante o dia, um cardápio de refeições com frutas, legumes, verduras e proteínas, além da prática diária de atividades físicas.

“Diabetes é uma doença muito complexa. Compromete muitas partes orgânicas. Não é apenas o açúcar no sangue que é o problema. Esse é o início de vários problemas, se não for bem administrado, bem medicado e bem orientado”, salienta Dr. Sávio, que atua em seu consultório de endocrinologia e é aposentado do serviço público federal.

O Diabetes é uma doença crônica, cujo tipo 1 faz com que o pâncreas produza pouca ou nenhuma insulina; e o tipo 2 afeta a forma como o corpo processa o açúcar do sangue (glicose). Por se tratar de uma enfermidade silenciosa, a melhor maneira de se identificar um caso de diabetes é realizar exames como a glicose em jejum, teste de glicemia capilar, teste de tolerância à glicose e o teste da hemoglobina glicada, além é claro de priorizar hábitos saudáveis.

“Reforçamos isso em congressos, cursos e palestras sobre a necessidade da educação em diabetes. O diabético precisa ser educado para ser tratado de forma adequada. Precisa saber da doença, das consequências, características para esse tipo de doença. Penso que foi útil em esclarecer dúvidas”, sintetiza.

*

Importância da vacinação

Em seguida, o médico geriatra José Manoel Ferreira alertou para a prevenção de doenças infecciosas, que são as principais causas de internação e de mortalidade na população idosa.

“E a vacina é um meio eficaz, seguro e barato de prevenirmos essas doenças, principalmente as vacinas de gripe, de pneumonia, porque são duas grandes causas de morbidade e mortalidade na população idosa. As vacinas para essas duas doenças são altamente eficazes e quase não provocam efeitos colaterais”, explica.

Ainda durante a apresentação, o gerontólogo reforçou a necessidade da imunização para prevenção e de se quebrar um mito que existe em relação a vacinação.

“O idoso tem que perder o medo e enxergar que a vacina é uma prevenção para complicações maiores para ele. Hoje em dia temos vacinas para doenças que afetam muito essa população, como são os casos da herbes zoster e febre amarela, que é uma doença endêmica, aumentando muito os casos aqui no Brasil”, comenta.

*

Conhecimento para a missão

De acordo com a enfermeira Ana Maria, 66 anos, da Congregação das Irmãs Franciscanas de Cristo Rei, o conteúdo apresentado nas palestras tem como objetivo fortalecer a atuação dos líderes e coordenadores nas visitas.

“Foram duas palestras muito importantes, nas quais aumentam nosso conhecimento para levar aos idosos. De modo particular, aonde não há muita assistência médica, e que contribui para nós, como líderes, a cuidarmos melhor de si e ajudar o próximo na prevenção”, afirma.

Para o coordenador da Pastoral da Pessoa Idosa na Paróquia Bom Jesus de Piraporinha, em Diadema, José Hélio dos Santos, 51 anos, as formações contribuem na missão de orientar e convencer as pessoas sobre a necessidade da mudança de comportamento e prevenção para uma vida mais saudável.

“As palestras são muito importantes. Levamos as informações para a pessoa idosa, mas servem até para nós, para nossas crianças. Porque, como os médicos disseram, a educação acontece desde o início de nossas vidas”, enfatiza o mecânico de manutenção.

*

Conscientização necessária

A coordenadora diocesana da Pastoral da Pessoa Idosa, Ivone Alexandroni Ferrari, considera que as duas palestras auxiliaram os líderes e coordenadores com subsídios para desmistificar o preconceito em relação as vacinas e valorizou o conhecimento adquirido para colocar em prática na sociedade.

“Estamos sendo presenteados com as presenças de profissionais da área da saúde, que contribuem com orientações e informações para as visitas aos trazerem maior conscientização e dignidade aos idosos. Mudar não é fácil, mas com diálogo ajudaremos na longevidade de todos e todas, que é um presente de Deus”, constata.

*

8º Plano de Pastoral

E na Diocese de Santo André, a pastoral tem se empenhado em seguir os itinerários do 8º Plano Diocesano de Pastoral, principalmente com foco na formação e ação missionária, como o nº 5, que traz ações de formação para missão, cujo objetivo é desenvolver a consciência missionária nas pastorais, movimentos e associações, fortalecendo a organização das ações missionárias; e o nº 7, que trata da organização das visitas em casas, hospitais e asilos. Além disso, o itinerário 3 também é mencionado para a cultura e espiritualidade do acolhimento, por meio do fortalecimento das estruturas para bem acolher o próximo.

 

Compartilhe:

Homilia, Missa do Jubileu Diocesano 70 Anos da criação da Diocese de Santo André

Ginásio lotado com mais de 7 mil pessoas marca celebração dos 70 anos da Diocese de Santo André

Catedral diocesana celebra sua padroeira

Padre Toninho assume nova missão na Paróquia Nossa Senhora Auxiliadora

Jovens Sarados comemoram 15 anos com missa presidida pelo bispo diocesano

ENCONTRO CHEGA AO FIM COM REFLEXÃO SOBRE PERSPECTIVAS PARA A AÇÃO EVANGELIZADORA DA IGREJA NO BRASIL

PARTICIPANTES DE ENCONTRO DESTACAM PROPOSTA DE SINODALIDADE NA AÇÃO PASTORAL DA IGREJA

“O COORDENADOR DE PASTORAL É UM MEDIADOR DA GRAÇA DE DEUS E PROMOVE A COOPERAÇÃO NA COMUNIDADE”, DISSE NÚNCIO APOSTÓLICO

Encontro Diocesano dos Coroinhas e Cerimoniários reúne mais de 2500 jovens e crianças

Nossa Senhora do Carmo