Diocese de Santo André

Pe. Mário toma posse na Quase-Paróquia Nossa Senhora de Fátima

“A missão para a qual Deus me enviou aqui e me fez padre em primeiro lugar é para a salvação das almas. A missão principal do pastor é cuidar das almas que lhes foram confiadas. Procurando ser um exemplo para as ovelhas.”

As palavras do Pe. Mário Alessio são um chamado para o povo de Deus caminhar juntos nesta ‘estrada de fé’ durante a posse como administrador paroquial da Quase-Paróquia Nossa Senhora de Fátima, na Vila Suely, em Ribeirão Pires. A celebração realizada na tarde de sábado (07/03) foi presidida pelo coordenador regional Pe. Rogério Duarte Irmão. O sacerdote fez questão de agradecer a presença dos fiéis das comunidades Nossa Senhora da Paz, Nossa Senhora Aparecida, Nossa Senhora das Graças e Santo Antônio, representações das pastorais e movimentos, sem deixar de expressar felicidade pelas crianças e jovens que participaram da Santa Missa.   “Como diz São Paulo, vou gastar e me desgastar em brincar com as crianças, estar com os jovens, visitar os doentes, celebrar missa, fazer a hora santa e pedir a Deus que nos mostre qual o caminho para chegar um dia até Ele”, destaca.

Sobre o administrador paroquial

Padre Mário Alessio da Silva Ferreira nasceu no dia 13 de abril de 1979 (40 anos), em Pedro II, no Piauí. Entrou no seminário no dia 2 de novembro de 1998, no noviciado na Congregação do Instituto do Verbo Encarnado, na Diocese de Santo Amaro.

O presbítero viajou para estudar sete anos na Argentina. Foi ordenado sacerdote no dia 7 de setembro de 2005. Esteve quatro anos na Itália, onde fez pós-graduação e metrado. Retornou ao Brasil durante dois anos. Nos últimos sete anos atuou como pároco da única paróquia existente, a Sagrada Família, na Faixa de Gaza, na Palestina. Ele resume a sua estada na região como um grande aprendizado e missionariedade em prol dos mais necessitados e carentes. “Vi que a guerra lá é muito difícil, mas a guerra dura um mês. Depois, o mais difícil é a falta de liberdade e a ausência de perspectiva para o futuro. O jovem que faz a faculdade, depois não encontra trabalho, porque 50% da população não tem trabalho”, recorda, entre outros problemas estruturais como saneamento básico, transporte público, energia elétrica e hospitais precários.

Rito da posse

A leitura da provisão de posse do Pe. Mário foi realizada pelo Pe. Eliano Bispo dos Santos. O novo administrador paroquial fez a profissão de fé, a fim de manifestar a disposição de cooperar com o bispo e a Diocese de Santo André, trabalhando em comunhão e cuidando com zelo da paróquia que está sendo entregue a ele. Em seguida, recebeu o livro das sagradas escrituras das mãos de Pe. Rogério. Foram entregues pela comunidade, as chaves da igreja e do sacrário, a jarra com água batismal e a estola roxa. Antes de ser declarado empossado, Pe. Mário fez o juramento de fidelidade e foi aclamado pelos paroquianos locais que prestigiaram o ato religioso.

A celebração

Em sua homilia, Pe. Rogério destacou que assim como Deus chamou Abraão para a missão, Pe. Mário também foi chamado para a vocação. “Pe.Mario entrou no seminário e depois foi trabalhar na terras distantes no Oriente, lá na Faixa de Gaza. Então, assim como Deus diz a Abraão ‘Eu te abençoarei e em ti serão abençoadas todas a famílias’, o sacerdote aquele que abençoa em nome de Deus, assim Pe. Mário abençoará as famílias, as crianças, pais, idosos nesta comunidade. Assim, Pe. Mário será uma benção e fará desta comunidade uma benção”, enfatiza. “Vamos rezar bastante para que o Pe. Mário possa ser o nosso pastor, nosso direcionador. Que nós possamos levantar essa igreja, não só o templo, mas toda a comunidade, pela sua vinda e com certeza juntos faremos essa quase-paroquia cada dia maior”, ressalta o paroquiano Ignário Fernandes. Animadora na celebração, a coordenadora diocesana da Pastoral do Migrante, Maria da Conceição, também destacou a acolhida dos paroquianos ao Pe. Mário e a humildade do sacerdote em dialogar e ouvir todos.

Fotos: Maicon Genovez Domingos

Compartilhe:

Ginásio lotado com mais de 7 mil pessoas marca celebração dos 70 anos da Diocese de Santo André

Catedral diocesana celebra sua padroeira

Padre Toninho assume nova missão na Paróquia Nossa Senhora Auxiliadora

Jovens Sarados comemoram 15 anos com missa presidida pelo bispo diocesano

ENCONTRO CHEGA AO FIM COM REFLEXÃO SOBRE PERSPECTIVAS PARA A AÇÃO EVANGELIZADORA DA IGREJA NO BRASIL

PARTICIPANTES DE ENCONTRO DESTACAM PROPOSTA DE SINODALIDADE NA AÇÃO PASTORAL DA IGREJA

“O COORDENADOR DE PASTORAL É UM MEDIADOR DA GRAÇA DE DEUS E PROMOVE A COOPERAÇÃO NA COMUNIDADE”, DISSE NÚNCIO APOSTÓLICO

Encontro Diocesano dos Coroinhas e Cerimoniários reúne mais de 2500 jovens e crianças

Nossa Senhora do Carmo

nomeacoes

Nomeação e provisões – 03/07/2024