Diocese de Santo André

É Rei pela sua cruz

O mês de novembro inicia com o convite para rezar pelos fiéis defuntos no dia de finados. Em seguida, para celebrar todos os santos. Estas duas celebrações nos colocam na perspectiva do mistério pascal: morte e ressurreição. O mês vai terminar com a celebração de Cristo Rei.

A solenidade de Cristo Rei do Universo nos aponta para o final da história quando através de Cristo e por Ele, Deus será tudo em todos. O que seria rei no Evangelho? O contraste entre o que foi Jesus como o retrata o Evangelho, e o que foi o rei Herodes, como também o retrata o Evangelho, é imenso. Um rei nada tem a ver com outro.

Herodes é o tipo dos reis deste mundo que dominam pela força, exercem o poder com intimidações, tem exércitos, são escravos da riqueza de poucos, administrando a pobreza de muitos. Estes são os reis deste mundo. Jesus disse que é rei, porém,  seu reino não é deste mundo (Jo 18,35ss). Como assim?

Jesus é rei de verdade, mas não ao estilo dos reis e reinos deste mundo. Para entender o reinado de Jesus temos de partir do mistério da cruz. Seu reinado é exercido de dentro para fora. A partir do coração de cada pessoa, que se encontra com ele, e se deixa fascinar por sua palavra e por suas promessas. Discípulos missionários, são os cidadão deste reino que não terá fim, porque se baseia no amor (ágape).

Jesus não é um rei distante e glorioso, inacessível para as pessoas. Ele é próximo de todos que o procuram. Ele é rei pelo seu amor solidário e misericordioso: “Eu vim para servir”(Lc 22,27).

Jesus é rei pela sua cruz, ou seja, pela sua doação da vida e pela graça transformadora que brota de sua cruz libertadora. Dando a vida ele morreu matando a morte. Nos ensinou que é morrendo por amor, que se vive por toda a eternidade.

O rei Jesus é um rei que está próximo, nos dá coragem e apoio. Ele nos convida a sermos assim como ele:  um povo de reis: fraternos e solidários.

Jesus nosso Rei nos abençoe a todos!

 

* Dom Pedro Carlos Cipollini, Bispo de Santo André para o Jornal A Boa Notícia

Compartilhe:

Homilia, Missa do Jubileu Diocesano 70 Anos da criação da Diocese de Santo André

Ginásio lotado com mais de 7 mil pessoas marca celebração dos 70 anos da Diocese de Santo André

Catedral diocesana celebra sua padroeira

Padre Toninho assume nova missão na Paróquia Nossa Senhora Auxiliadora

Jovens Sarados comemoram 15 anos com missa presidida pelo bispo diocesano

ENCONTRO CHEGA AO FIM COM REFLEXÃO SOBRE PERSPECTIVAS PARA A AÇÃO EVANGELIZADORA DA IGREJA NO BRASIL

PARTICIPANTES DE ENCONTRO DESTACAM PROPOSTA DE SINODALIDADE NA AÇÃO PASTORAL DA IGREJA

“O COORDENADOR DE PASTORAL É UM MEDIADOR DA GRAÇA DE DEUS E PROMOVE A COOPERAÇÃO NA COMUNIDADE”, DISSE NÚNCIO APOSTÓLICO

Encontro Diocesano dos Coroinhas e Cerimoniários reúne mais de 2500 jovens e crianças

Nossa Senhora do Carmo